Sexta-feira, 20.05.11

A Bienal de Culturas Lusófonas apresenta um conjunto de filmes produzidos no âmbito do programa de incentivo à produção de documentários DOCTV CPLP da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e uma mostra do realizador caboverdiano Júlio Silvão Tavares.

 25 Maio | Auditório | 21H30
EUGÉNIO TAVARES ‘CORAÇÃO CRIOULO’
de Júlio Silvão Tavares
Cabo Verde, 2010, 52’
O poeta Eugénio Tavares deu corpo e sentimento ao povo das ilhas, moldou a alma crioula, a maneira de ser, de sentir e de agir do cabo-verdiano.
26 Maio | Sala de Cinema | 21H30
PRAIA – A CIDADE DE SONHOS
de Júlio Silvão Tavares
Cabo Verde, 2011, 52’
Praia, Cidade secular, é Urbe dos nossos progenitores, é nosso Urbe, Urbe dos nossos filhos, da nossa nação.
Cidade de construções seculares violadas e violentadas impunemente que contracenam com o modernismo. Urbe onde, como num mosaico, se multiplicam espaços reduzidos e destroça -dos. As suas gentes amam, adulteram, prevaricam, protestam, exigem - em troca de quê?

Pedro e Jorge são carteiros móveis, nas suas lides diárias cruzam-se com citadinos, relacionam-se com instituições, convivem com culturas díspares e dá-nos a conhecer o pulsar da Cidade e das gentes.
27 Maio | Sala de Cinema | 21H30
O SONHO DE LIBERDADE
de Júlio Silvão Tavares
Cabo Verde, 2011, 52’ 

Em 1970, um grupo de camponeses da ilha de Santiago protagonizou o assalto ao navio Pérola do Oceano com o intuito de o desviar do seu percurso e rumar ao Senegal para se integrarem nas fileiras do PAIGC.
Horas apôs a consumação do assalto, o navio foi resgatado pela repressão colonial ainda antes de sair de Santiago, os protagonistas presos e enviados para o campo prisional do Tarrafal. 

Na primeira pessoa, relatam as estratégias de mobilização para a luta de libertação, os preparativos e a consumação do assalto ao navio, as amarguras passadas na sede da PIDE, a estada na colónia penal do Tarrafal, “campo da morte lenta”.

 28 Maio | Sala de Cinema | 21H30
BATUQUES – A ALMA DE UM POVO
de Júlio Silvão Tavares
Cabo Verde, 2006, 52’ 

Em 1462, chegaram à Ilha de Santiago os primeiros escravos, trazidos da Costa Ocidental de África, e com eles vieram os ritmos e as sementes do que veio a ser o Batuque, uma dança ritual com movimentos ritmados por cantadeiras e batucadeiras dispostas em círculo, que sincronizam e orientam o movimento da dançadeira no centro do terreiro.
O Batuque foi reprimido e proibido, considerado como manifestação de negros e analfabetos. Após a independência do País, o Batuque foi recuperado e adoptado como símbolo de identidade cultural. Hoje, com a emigração, os ritmos do Batuque voltam a viajar e a evoluir, influenciando a música que se faz noutras paragens do mundo.
Através da história do Batuque, cruzam-se histórias de culturas e costumes, de danças e magia, das raças e da escravatura, da emigração e dos direitos civis, da tristeza, solidão e dor, da morte e nascimento, da fome e fartura, e de tudo o que vem da alma.   

O Batuque oferece-nos um prisma único por onde se filtra a própria história de Cabo Verde, desde o tempo da escravatura até ao tempo presente da emigração e da globalização.
Agradecimentos: ICA-Instituto do Cinema, Audiovisual e Multimédia, José Pedro Ribeiro, Filomena Serras Pereira, Patrícia Severino, CPLP, António Ilharco, Mário Mendão, Vitório Cardoso, Nuno Rebocho, Júlio Silvão Tavares, Joana Duarte.

 3 € [PREÇO ÚNICO]     M/6

 

   Tlm. 96 170 90 90 / Tel 219 320 225

 

publicado por estudantescv_portugal às 08:01 | link do post | comentar | favorito
João Sá a 24 de Maio de 2011 às 10:57
Que programa tão "apetitoso"!
O post está em destaque Na Rede na homepage do SAPO Cabo Verde (http://sapo.cv).
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Olá :)Este post está em destaque no novo espaço "C...
Olá :)Este post está em destaque Na Rede na homepa...
Olá :) Este post está em destaque Na Rede na hom...
É importante acompanhar de perto e se inteirar dos...
Bom dia :) Este post está em destaque Na Rede na...
Boa tarde :) Este post está em destaque Na Rede ...
Boa tarde :) Este post está em destaque Na Rede ...
Boa tarde :) Este post está em destaque Na Rede ...
Com o andar dos tempos em que a tecnologia penetra...
Falar da cultura de Cabo Verde , da sua musica , t...
tags

todas as tags

arquivos
blogs SAPO